Histórico da Assembleia de Deus em Santa Luzia-MA

A bíblia nos diz que “Formosos são os pés dos que anunciam as boas novas de salvação”. A história da igreja Evangélica Assembleia de Deus em Santa Luzia está marcada pelos passos de homens e mulheres valorosos que na dependência de Deus foram grandemente usados na proclamação do evangelho, cujos rastros não foram apagados pelo tempo, mas vívidos estão, diante de Deus e da igreja.

O ano era 1955, quando a Convenção Estadual do Maranhão envia para Barraca Cercada o Pr. Abidias de Sousa Ramos, primeiro obreiro a receber a incumbência de anunciar as boas novas de salvação nessa região, onde se registra que foi construído o primeiro templo sede de trabalho.  A luz de lamparina e sem nenhuma condição favorável à pregação do evangelho, o Pr. Abidias começou a desbravar as matas e fundar as primeiras congregações, Bacurí e Santa Luzia, cuja congregação foi construída no cruzamento entre a atual Rua 26 de Março com a Travessa Pedro II. Foi neste mesmo período que se construiu de taipa a primeira casa de oração. Na época a rua chamava-se rua da salvação prova de que ali era anunciada a salvação em Cristo Jesus, hoje Rua 26 de março. Como cooperadores, o Pr. Abidias contou com o apoio de sua esposa irmã Angelica e o ir. Francisco Lopes- popular Chico Branco. Como dirigente no Bacuri o ir. Sebastião dos Santos em saudosa memória.

Em 1961, transfere-se para Santa Luzia, a sede do trabalho, em função da emancipação da mesma. A congregação contava com 38 membros. Na liderança do Pr. José Ferreira da Silva, constrói se o primeiro templo sede, na rua da salvação, terreno este adquirido pelo então Pr. Abdias Ramos. Pr. José Ferreira foi grande semeador da semente santa do evangelho. 

Tenha você também a sua rádio